Publicidade

Secretário de Saúde afirma que Bahia está se preparando caso aconteça terceira onda da Covid-19


O grande número de pessoas contaminadas pela Covid-19 no Brasil pode levar a país a enfrentar uma terceira onda do vírus.


Ciente dessa possibilidade, o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou, em entrevista à Rádio Metrópole, que o Estado está se preparando caso aconteça essa nova onda.


“Estamos nos preparando para que isso, se vier a acontecer o que estão chamando de terceira onda, estejamos preparados. Estamos nos estocando de materiais, medicamentos, equipamentos e leitos para que possamos oferecer a assistências a essas pessoas. Estamos mudando algumas estratégias de abordagem em vários níveis, não só a abordagem terapêutica, mas com uma abordagem assistencial”.


O secretário aproveitou para reforçar o pedido para que as pessoas não façam uso do chamado kit-Covid, o que tem aumentado o número de pacientes precisando de transplante de fígado.


“Não existe tratamento preventivo. Tomar preventivamente sem ter sintomas ivermectina, zinco, Vitamina D, C ou cloroquina regularmente não tem qualquer tipo de demonstração de eficácia. Há evidências acumuladas de malefícios. Toxicidade hepática e tardia. Além de ter uma questão médica e fazer mal para as pessoas, que não tem benefício algum, ela traz um malefício ao fazer com que essas pessoas tenham uma crença e uma fé de que aquilo está funcionando. Medicina não é fé e nem crença, é ciência”.

Postar um comentário

0 Comentários